Pular para o conteúdo

Mudança de data: Abrafati 2021 ocorrerá de 30/11 a 02/12

Adiamento permitirá realizar o evento com maior segurança, contando com o suporte especializado do Hospital Albert Einstein.

 

O calendário da indústria de tintas para este ano terá como atração principal a Abrafati 2021, cuja realização está confirmada em uma nova data: o evento foi transferido da data original (28 a 30/09) para os dias 30 de novembro a 02 de dezembro de 2021.

Com a realização dois meses mais adiante, podem ser atendidas, de maneira muito mais efetiva, as duas prioridades estabelecidas pelos organizadores:  proporcionar a máxima segurança para os participantes e garantir a qualidade que sempre caracterizou o evento.

A mudança de data se soma aos esforços e investimentos feitos, desde 2020, para desenvolver os protocolos de segurança desse importante encontro, com a assessoria do Hospital Israelita Albert Einstein, instituição que é referência no setor de saúde.

A previsão é de um ambiente muito mais favorável em final de novembro para promover o evento, com toda a responsabilidade exigida. Além disso, é preciso lembrar que, por ser direcionada para um nicho específico de mercado, a Abrafati 2021 possibilita um controle do fluxo de visitantes, diferentemente de eventos abertos ao grande público.

Reconhecida como a principal plataforma de negócios do setor de tintas na América Latina, a Abrafati 2021 poderá assim reunir os principais players do setor, proporcionando as melhores condições para a discussão de projetos, parcerias e negociações, assim como para a interação e a disseminação de conhecimentos fundamentais para impulsionar a inovação.

 

Novas versões das normas técnicas estão valendo a partir de hoje

Mudança normativa foi significativa, como parte de um processo evolutivo do mercado e do Programa Setorial da Qualidade.

 

A partir de hoje (26/03), entra em vigor um conjunto de cinco normas técnicas revisadas que resultarão em importantes melhorias, ampliando o alcance do Programa Setorial da Qualidade de Tintas Imobiliárias (PSQ) e contribuindo fortemente para a meta de elevar o patamar de qualidade do mercado.

Todas as versões revisadas foram publicadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) em setembro de 2019, com prazo de 18 meses para começarem a valer.

A primeira dessas normas é a NBR 11702/2019, de classificação, que cria, entre diversas outras alterações, a categoria Super Premium, com requisitos mínimos de desempenho mais elevados que os das atuais categorias Econômica, Standard e Premium, em termos de cobertura e resistência. Essa nova categoria representa um incentivo à melhoria contínua, inovação e à diferenciação, com benefícios claros para o consumidor.

Já a NBR 15079, que tem como foco os requisitos de desempenho para tintas látex, foi desdobrada em duas partes em sua nova versão: a parte 1 trata das tintas látex foscas nas cores claras e incorpora a categoria Super Premium, enquanto a parte 2 contempla também as 4 categorias, mas nos acabamentos estabelece os requisitos mínimos para alguns produtos da linha imobiliária – tintas látex acetinadas, semiacetinadas e semibrilho – que ainda não estavam incluídas no PSQ.

Por sua vez, a NBR 14942/2019 (que trata de cobertura seca e rendimento teórico) estabeleceu uma nova definição de rendimento, criando maior clareza a partir do conceito de rendimento acabado. Finalmente, a NBR 16211/2019, dedicada aos requisitos de desempenho para vernizes, passou a incorporar, na sua revisão, o rendimento, além de outras melhorias.

Muitos outros avanços já estão sendo discutidos e planejados para os próximos meses, reforçando o caráter evolutivo do PSQ.

 

Últimos dias para se inscrever no Curso de Tintas da Abrafati

Restam poucas vagas para as aulas da segunda edição online do curso, que se inicia-se em 22 de março.

 

O Curso de Tecnologia em Tintas da Abrafati, em sua segunda edição online, atraiu muitos interessados, fortalecendo a convicção de que essa modalidade é fundamental para que profissionais de todo o país tenham acesso a essa importante iniciativa de capacitação.

A turma já está formada, principalmente com profissionais das áreas técnicas e de gestão dos fabricantes de tintas e seus fornecedores. Porém, ainda há algumas vagas abertas para se atingir o limite de alunos estabelecido para a edição.

As aulas começam no dia 22 de março e se estendem por nove semanas, sempre no período noturno. O programa envolverá 29 aulas, três a mais do que na edição anterior, por terem sido agregados novos conteúdos ligados a cargas minerais, aos desafios da sustentabilidade em tintas e à pintura automotiva. Além disso, na aula inaugural será possível conhecer a visão de uma profissional muito conceituada – Elaine Poço, diretora da AkzoNobel e membro do Conselho Técnico-Científico da Abrafati – sobre a importância das tintas de revestimento e seu estágio atual.

O curso proporciona uma visão panorâmica sobre as tintas, das matérias-primas e processos até os produtos e suas aplicações. Desenvolvido de acordo com a realidade da indústria de tintas no Brasil, tem como professores um grupo muito qualificado de profissionais que somam a experiência no setor a uma sólida bagagem técnica. Por tudo isso, é uma oportunidade que deve ser aproveitada por profissionais interessados em aprimorar seus conhecimentos.

As inscrições estão abertas até 19/03. Há descontos para empresas associadas e para empresas que inscreverem mais de um profissional.

Para saber mais, acesse https://abrafati.com.br/curso-de-tecnologia-em-tintas/

Cura por radiação: um dos temas em destaque no Congresso da Abrafati

Parceria com a RadTech South America se mantém, contribuindo para a participação de especialistas e a disseminação de conhecimentos sobre essa tecnologia.

Até o próximo dia 10 de março, é possível submeter papers à apreciação do Comitê Científico do 17º Congresso Internacional de Tintas, que se realiza de 28 a 30 de setembro, como parte da Abrafati 2021.

Sendo uma das principais vertentes da inovação na indústria de tintas, espera-se que este ano a cura por radiação mantenha sua forte presença na programação do Congresso. Isso permitirá que ocupe novamente lugar de destaque – como já acontece há muitos anos –, possibilitando a difusão de conhecimentos essenciais relacionados às contribuições dessa importante tecnologia para a qualidade, a produtividade e a sustentabilidade. Entre elas, incluem-se economia de energia, retardamento de chamas, aumento da velocidade da cura e melhoria no desempenho das tintas.

A parceria de longos anos entre a Abrafati e a RadTech South America impulsionará, uma vez mais, a apresentação de trabalhos sobre esse tema por especialistas conceituados, do Brasil e do exterior, ampliando e enriquecendo o acervo de conteúdos oferecidos aos participantes do evento.

Para a avaliação do seu paper, o candidato deverá enviar um resumo para avaliação do Conselho Científico do Congresso, em português ou inglês, informando também seus dados profissionais.

Para submeter um trabalho, acesse https://flame.firebird.systems/Vincentz/Abrafati2021/MySubmissions

Inscrições abertas para nova edição online do Curso de Tintas da Abrafati

Aulas iniciam-se em 22 de março e vão até maio, seguindo uma programação que envolve temas-chave para técnicos e gestores.

 

A primeira edição online do Curso de Tecnologia em Tintas da Abrafati, realizada entre setembro e novembro do ano passado, foi um sucesso: atraiu 34 alunos e abriu a possibilidade para que profissionais de todo o país tivessem acesso a essa importante iniciativa de capacitação.

A experiência positiva será repetida agora: já estão abertas as inscrições para uma nova edição do curso online, que começa no dia 22/03 e vai até maio.

Novos conteúdos foram agregados ao programa, entre os quais uma aula sobre cargas minerais e uma sobre os desafios da sustentabilidade em tintas, além de ser dedicado mais tempo à pintura automotiva. Com isso, três novas aulas foram acrescentadas, fazendo o total subir para 29. Outra novidade será a palestra de Elaine Poço, diretora da AkzoNobel e membro do Conselho Técnico-Científico da Abrafati, na aula inaugural.

O curso é especialmente indicado para profissionais das áreas técnicas e de gestão de fabricantes de tintas, fornecedores e outras empresas e instituições relacionadas ao setor, por proporcionar uma visão panorâmica sobre as tintas, das matérias-primas e processos até os produtos e suas aplicações. Desenvolvido de acordo com a realidade da indústria de tintas no Brasil, tem como professores um grupo muito qualificado de profissionais que somam a experiência no setor a uma sólida bagagem técnica.

Empresas associadas têm desconto, assim como as que inscreverem mais de um participante.

 

Para saber mais, acesse https://abrafati.com.br/curso-de-tecnologia-em-tintas/

Vídeo destaca nova maneira de informar, na embalagem, o rendimento das tintas imobiliárias

 

Nova regra entra em vigor em 26/03, valendo para tintas látex nas quatro categorias (Econômica, Standard, Premium e Super Premium) e para vernizes brilhantes à base de solventes.

Já está no ar, no canal do YouTube da Abrafati, o vídeo que a Associação produziu para deixar mais claras as mudanças que resultam do novo conceito de rendimento acabado das tintas imobiliárias. Essa melhoria, discutida extensivamente no Comitê Brasileiro de Tintas (CB-164) da ABNT, foi oficializada em norma técnica e sua aplicação nas embalagens passa a valer para os produtos fabricados a partir do próximo dia 26 de março.

De maneira didática, o vídeo mostra como esse novo conceito torna a informação sobre rendimento mais clara, com a indicação da área a ser coberta totalmente pela tinta ou verniz contidos na embalagem. Não se falará mais, por exemplo, em rendimento por demão, uma forma que era amplamente utilizada, mas que não proporcionava um entendimento preciso e uniforme: quem compra a tinta não quer saber isso, e sim qual é a área que o produto cobre.

A uniformização de como essa informação sobre rendimento deve ser exposta na embalagem é outro ponto alto do vídeo, que destaca que isso ajuda todos os públicos envolvidos com as tintas: dá para saber muito melhor a quantidade necessária para cobrir completamente uma determinada área.

Para completar, o vídeo deixa claro que essa nova forma de apresentar o rendimento não representa nenhuma alteração na qualidade dos produtos ou nas suas características.

 

Assista ao vídeo neste link: https://www.youtube.com/watch?v=gJuj_NI1l-0.

 

Aprovada a desoneração de dióxido de titânio por mais um ano

Abrafati apresentou pleito ao governo federal, que reconheceu a importância da medida.

 

O dióxido de titânio (TiO2) foi um dos temas em pauta na última reunião do GECEX (Comitê-Executivo de Gestão) da Câmara de Comércio Exterior do Ministério da Economia, realizada nos dias 17 e 18/12.

A partir de pleito apresentado pela Abrafati, foi decidida a manutenção dessa importante matéria-prima na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (LETEC) por mais um ano. A alíquota de importação será reduzida de 12% para 8% e não haverá cotas. A decisão ainda será publicada no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nos próximos dias.

Essa medida foi resultado do trabalho consistente que vem sendo desenvolvido pela Abrafati junto ao governo federal, com apoio especializado, levando às autoridades informações que mostram, por um lado, o grande consumo dessa matéria-prima pelo setor e, por outro, sua grande importância na formulação das tintas.

A Associação defendia uma maior redução da alíquota, mas avalia que a decisão do governo é positiva, tanto por desonerar a importação em quatro pontos percentuais, quanto pela eliminação das cotas, que vinham se esgotando muito antes do seu prazo de validade.

Abrafati ocupará a primeira Vice-Presidência da LatinPin

Assembleia realizada no início de dezembro elegeu a Comissão Diretiva para o biênio 2021-2022.

 

A LatinPin, Federação Latino-Americana de Associações de Técnicos e Fabricantes de Tintas, realizou eleições em assembleia no último dia 09/12, escolhendo a sua Comissão Diretiva para os próximos dois anos.

Mantendo o forte compromisso da Abrafati em colaborar para a integração regional e o intercâmbio de conhecimentos e experiências, seu presidente-executivo, Luiz Cornacchioni, ocupará a 1ª Vice-Presidência da federação. A Presidência caberá a Arius Zúñiga, presidente da Anafapyt (Asociación Nacional de Fabricantes de Pinturas y Tintas, do México), enquanto Nicolás Iadisernia, presidente da Atipat (Asociación Tecnológica Iberoamericana de Pinturas, Adhesivos y Tintas, da Argentina), ficará com a 2ª Vice-Presidência.

Reunindo entidades dos principais países fabricantes de tintas da região (Brasil, México, Argentina, Colômbia, Uruguai e Equador), a LatinPin prosseguirá com as suas atividades relacionadas ao compartilhamento de informações e à definição de abordagens harmonizadas nos temas técnicos e institucionais em que isso for possível. Ao mesmo tempo, o plano de trabalho definido para 2021 envolve três objetivos principais: iniciar a estruturação de um sistema estatístico regional, tendo como ponto de partida o trabalho já desenvolvido no Brasil; avançar na discussão e construção de estratégias comuns relacionadas à sustentabilidade e à regulação; e ampliar a representatividade da federação, agregando novos integrantes e promovendo iniciativas com relevância e impacto.

Autores de três estudos técnicos de alto nível recebem o Prêmio Abrafati

Na cerimônia virtual de entrega, foi destacada a necessidade de impulsionar a inovação e a pesquisa.

 

No último dia 15/12 foi entregue o Prêmio Abrafati de Ciência em Tintas. Os três trabalhos vencedores foram escolhidos por uma Comissão Julgadora formada por especialistas do setor, com base na sua relevância e originalidade.

A cerimônia de entrega, realizada virtualmente, contou com a participação de grande parte do Conselho Diretivo e do Conselho Técnico-Científico da Abrafati, reafirmando o valor da pesquisa e da inovação para o setor, assim como a prioridade dada a esses temas pela Associação.

O primeiro lugar foi conquistado por Leandra Pereira dos Santos e Fernando Galembeck, da Galembetech Consultores e Tecnologia, com o trabalho “Grafite esfoliado e reorganizado: um novo retardante de chama”. Galembeck, que já havia vencido em 1994, destacou o significado do prêmio para sua carreira. Já Leandra, que foi sua orientanda no doutorado, ressaltou o incentivo que representa aos jovens pesquisadores.

O 2º lugar foi conquistado por pesquisadores ligados à Universidade Federal de Viçosa: Alana Alves Rodrigues, como autora, e o prof. dr. Márcio José da Silva, como orientador. Ambos já haviam sido premiados anteriormente, revelando a consistência e a constância das pesquisas relacionadas às tintas que são desenvolvidas nessa instituição. Desta vez, o trabalho reconhecido foi “Síntese one-pot de furoatos de alquila a partir de biomassa renovável para produção de agentes anti-incrustantes para tintas marítimas”.

Já a 3ª colocação foi obtida por Silvia Rosane S. Rodrigues e seu orientador prof. dr. João Henrique Zimnoch dos Santos (também já premiado em outra edição), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com o trabalho “Inibidor de corrosão metálica, ambientalmente correto, à base de tanino, como potencial aditivo para tintas”.

Esta foi a vigésima-primeira edição do prêmio, promovido desde 1987 com um histórico muito positivo de contribuição para o desenvolvimento tecnológico na cadeia de tintas.

Em diferentes eventos, Abrafati explica os impactos do novo conceito de rendimento acabado

No início de dezembro, workshop, live e palestra abordaram o tema e mostraram como a informação deve ser apresentada nas embalagens.

 

No dia 26 de março de 2021, entra em vigor o novo conceito de rendimento acabado para tintas látex nas cores claras e vernizes à base de solventes. Essa melhoria foi definida no final de 2019, dentro do processo de revisão normativa, com prazo de 18 meses para vigência. O objetivo foi trazer maior clareza e uniformidade à informação sobre o rendimento, criando a exigência de que esteja indicado, na embalagem, quantos metros quadrados o volume de tinta ali contido cobre completamente.

Agora, faltando cerca de 100 dias para esse prazo, o interesse pelo tema – e pelas medidas necessárias para se ajustar às novas regras – está muito forte. Por isso, a Abrafati está desenvolvendo diversas ações para esclarecer esse novo conceito e seus impactos aos diversos públicos envolvidos com as tintas (fabricantes, fornecedores de matérias-primas e embalagens, revendedores, pintores, construtores, responsáveis por compras em empresas, arquitetos, decoradores e consumidores). Dentro desse conjunto de ações, nos últimos dias três eventos destacaram o novo conceito de rendimento acabado.

O primeiro deles foi um workshop, que reuniu mais de 110 profissionais dos 42 fabricantes que participam do PSQ, no dia 03/12. Depois de uma apresentação inicial sobre o tema, feita por Anne Costa, coordenadora técnica da Abrafati, ela e mais cinco especialistas ligados ao PSQ e à Associação responderam às dúvidas enviadas antecipadamente ou durante o evento.

Na sequência, vieram duas apresentações sobre o mesmo tema: em 08/12 Anne falou em live do Sitivesp direcionada aos pintores e dois dias depois foi a vez de Jairo Cukierman, diretor da Tesis Engenharia, abordar o rendimento acabado no 49º Fórum Paint & Pintura.

Novas ações estão programadas ao longo das próximas semanas, para difundir cada vez mais essa informação, que também já vem sendo replicada por outros players do setor.

 

Para assistir ao Workshop de Uniformização, acesse: https://youtu.be/pJCEAkqq718