Pular para o conteúdo

Fórum ABRAFATI: análise e debate dos cenários do setor

Evento será oportunidade de conhecer avaliações sobre a conjuntura atual e futura.

A 10ª edição do Fórum ABRAFATI já está com sua programação definida, com a participação de importantes especialistas e lideranças setoriais, que permitirão ter uma visão mais clara sobre o futuro da cadeia de tintas:

  • O economista e ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega falará sobre a conjuntura atual e o panorama econômico para 2016 e anos seguintes.
  • Eduardo May Zaidan, vice-presidente de Economia do Sinduscon-SP, tratará das perspectivas para o setor de construção.
  • Claudio Conz, presidente da Anamaco, abordará os cenários da construção civil sob a ótica do varejo.
  • Antonio Carlos Lacerda, presidente do Conselho Diretivo da ABRAFATI, analisará a situação do mercado de tintas.
  • Os caminhos futuros da indústria de tintas serão analisados em um painel com a participação de executivos principais de fabricantes de tintas.

“Neste ano, a situação política e econômica está instável e temos dificuldade de prever o que virá pela frente. Será fundamental ouvir opiniões abalizadas, debatendo os desafios a serem enfrentados e as oportunidades existentes, para planejar e decidir as estratégias a serem seguidas. Por isso, o Fórum é um programa obrigatório para quem ocupa posições de destaque no setor”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI, que será responsável pela abertura e mediação do evento.

Resolução do Conama classifica embalagens de tintas imobiliárias como resíduos recicláveis

Resolução nº 469/2015, que oficializa a alteração da classificação, entrou em vigor em 30 de julho.

Publicada no Diário Oficial da União no último dia 30 de julho, a Resolução Conama no 469/2015 altera a resolução que trata da gestão dos resíduos da construção civil (307/2002). O novo texto classifica as embalagens de tintas imobiliárias como resíduos recicláveis classe B.

A proposta de alteração foi apresentada pela ABRAFATI, que a defendeu a partir de estudos técnicos que comprovam a não periculosidade desses materiais. Com argumentos consistentes e um trabalho que levou em conta as recomendações de especialistas das Câmaras Técnicas do Conama, a mudança foi aprovada em Plenária do órgão no final de maio.

“Foi uma grande conquista para o setor, para a qual a ABRAFATI trabalhou arduamente. O texto legal foi aperfeiçoado, ficando mais claro para os usuários e permitindo que a indústria de tintas tenha todas as condições, tanto técnicas quanto legais, para que suas embalagens possam ser destinadas juntamente com todas as outras embalagens não perigosas. Isso facilita o atendimento aos princípios de sustentabilidade e às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos”, afirma Gisele Bonfim, gerente técnica e de Assuntos Ambientais da ABRAFATI.

Atrações principais da ABRAFATI 2015 estão em destaque na Revista 104

A Revista ABRAFATI 104 mostra a aproximação da ABRAFATI 2015, evento que mobiliza a cadeia de tintas na direção do desenvolvimento setorial sustentável, estimulando a evolução tecnológica, a atualização de conhecimentos e o crescimento dos de negócios.

Entre as atrações, apresentações de grandes personalidades nas sessões plenárias, uma programação com 25% mais palestras de alto nível no Congresso e a participação de 250 fornecedores na Exposição.

Outros destaques da edição:

  • Fórum ABRAFATI, que ocorre no dia 26 de agosto, é importante oportunidade de debater e se informar sobre os cenários da cadeia de tintas e da economia em geral.
  • Código de Ética da ABRAFATI reflete a evolução do setor e funciona como um guia geral de atitudes para quem atua na entidade e nas empresas associadas.
  • Alteração da classificação de embalagens de tintas imobiliárias na Resolução Conama 307/2002 aumenta segurança jurídica para projetos e ações de destinação desses materiais e facilita cumprimento das exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos.
  • Inaugurado o primeiro de uma série de pontos de entrega voluntária (PEVs) de latas de aço pós-consumo, que ampliam as opções para o descarte seletivo.

Com 25% mais palestras, Congresso mostrará status atual da inovação e sustentabilidade em tintas

Especialistas de todo o mundo mostrarão os mais recentes desenvolvimentos e as principais pesquisas em andamento.

A programação do Congresso Internacional de Tintas está definida e já pode ser consultada no site do evento. Nesta edição, foi recebido um grande número de trabalhos que agregam conhecimentos importantes e abrem novas perspectivas para a evolução tecnológica. Para garantir que todos os conteúdos relevantes fossem apresentados, o Comitê Científico do evento recomendou o aumento do número de palestras: serão 90 ao longo dos três dias, em lugar de 72, como era o padrão anterior.

A divisão das palestras nos seis auditórios seguirá uma lógica temática, de modo a facilitar a montagem da agenda de cada congressista. Os nomes escolhidos para as salas indicam claramente o teor dos trabalhos a serem apresentados em cada um deles: Resina e Emulsão, Pigmento, Aditivo, Tinta, Revestimento, Meio Ambiente.

O grande guarda-chuva sob o qual estão reunidas as palestras é a sustentabilidade, que hoje ocupa posição central na estratégia das empresas do setor, refletindo-se no trabalho desenvolvido nos seus laboratórios e instalações. Os principais especialistas globais mostrarão o que existe de mais inovador e sustentável em termos de matérias-primas, formulação, aplicação de tecnologias, incremento de performance, funcionalidades e outros aspectos.

“Teremos uma contribuição muito valiosa para o desenvolvimento científico e tecnológico da cadeia de tintas. A programação de altíssimo nível e a presença dos melhores profissionais no Congresso e na Exposição tornam ideais as condições para a disseminação de conhecimentos, o compartilhamento e o debate de soluções inovadoras”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Mailson da Nóbrega foi uma das atrações do Fórum ABRAFATI

Ter acesso a opiniões e análises de especialistas é essencial no momento atual, permitindo entender o panorama para planejar ações e tomar decisões.

No dia 26 de agosto, as lideranças da cadeia de tintas se reuniram para o 10o Fórum ABRAFATI, evento idealizado para a análise e discussão dos cenários do País e do setor.

Considerando a complexidade da situação econômica atual, foi escolhido um palestrante com muito conhecimento e experiência, capaz de avaliar com pertinência as possibilidades existentes: o ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega.

Economista e consultor respeitado, com longa vivência no setor público e na iniciativa privada, o palestrante tem condições privilegiadas para analisar a conjuntura atual, as perspectivas e os desafios futuros, assim como os seus reflexos nos negócios do setor.

Em breve, as apresentações estarão disponíveis em nosso site.

“Teremos uma programação de qualidade, na qual a participação de Mailson da Nóbrega será um dos pontos altos, ajudando-nos a entender como a economia está se comportando e quais devem ser seus rumos em 2016 e nos anos seguintes. Mais uma vez, o Fórum ABRAFATI será uma oportunidade para ouvir opiniões valiosas e debater os possíveis cenários, o que o torna fundamental para que os gestores da cadeia de tintas possam fazer seu planejamento estratégico e o seu budget para o próximo ano”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Potencial do Brasil atrai principais fornecedores globais para a Exposição

Mais de 250 empresas que atuam ou pretendem atuar no País estarão presentes no evento.

As dimensões do mercado brasileiro – o 5º maior do mundo – mobilizam os principais fornecedores do setor a participar da Exposição, que ocorre de 13 a 15 de outubro. Da mesma forma, as perspectivas futuras de crescimento do consumo de tintas no País atraem as empresas, que enxergam excelentes oportunidades em um mercado com mais de 200 milhões de habitantes, 50 milhões de automóveis em circulação, um déficit habitacional superior a 5 milhões de moradias e investimentos em infraestrutura estimados em R$ 600 bilhões para o período 2015-2018.

Buscando oportunidades de negócios com fabricantes de tintas do Brasil e dos países vizinhos – que comparecem em grande número ao evento, em busca de soluções inovadoras –, estarão presentes muitas empresas da Ásia, Europa e América do Norte. Ao mesmo tempo, entre os fornecedores que já operam no País há uma forte confiança no evento, o que faz com que o encarem como prioridade em suas estratégias para este e os próximos anos, apresentando ali novos produtos, tecnologia e serviços, prospectando clientes e detectando tendências.

Já está confirmada a participação de mais de 200 empresas e, com as negociações de estandes em curso, esse número deverá superar a marca de 250. “Mais importante do que o número, no entanto, é a qualidade dos expositores. Estarão presentes fornecedores que formam a vanguarda do setor, investindo bilhões de dólares anualmente em pesquisa e desenvolvimento. Isso significa que aquilo que existe de mais inovador na nossa cadeia será mostrado na Exposição”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

 

Programa Coatings Care avança e entra em nova etapa

Liderada no Brasil pela ABRAFATI, iniciativa amplia seu alcance e segue estimulando o setor a adotar as melhores práticas.

Celebrado como o mês do meio ambiente, junho marca o início de uma importante inovação no Programa Coatings Care, de atuação responsável em tintas: a entrada em operação do sistema online de indicadores do programa.

A novidade possibilitará, a cada participante, inserir com total confidencialidade seus dados referentes a quatro indicadores-chave de saúde, segurança e meio ambiente. Ao mesmo tempo, facilitará a visualização, pelas indústrias, de como está o seu desempenho nesses aspectos em comparação com o mercado, o que impulsionará o setor na direção das melhores práticas.

“Essa ferramenta contribuirá para o desenvolvimento setorial sustentável, pois permitirá às empresas conhecer os resultados dos líderes em cada quesito e, a partir deles, planejar ações para aperfeiçoar seus procedimentos e processos. Essa informação estimulará a adoção de medidas de redução de custos e aumento de eficiência e produtividade nas empresas”, afirma Juliana Zellauy Feres, gerente de Sustentabilidade da ABRAFATI.

Atualmente, o sistema de coleta de indicadores abrange 42 unidades industriais, estando aberto a todos os fabricantes, sejam eles associados à ABRAFATI ou não. “A utilização desse sistema é gratuita e fortemente recomendável para todas as empresas que produzem tintas imobiliárias, artísticas, automotivas e para uso na indústria em geral”, acrescenta Juliana.

Abertas as inscrições para assistir ao Congresso

Evento terá programação variada e rica, com 90 palestras em três dias.

Profissionais interessados em assistir ao 14º Congresso Internacional de Tintas já podem efetuar sua inscrição no site da ABRAFATI 2015. E quem o fizer antecipadamente terá direito a descontos de 10% a 20% sobre a tarifa cheia, dentro do conceito de early bird rate, utilizado em eventos em todo o mundo.

Destacando as mais recentes pesquisas e tendências tecnológicas, dando especial ênfase à sustentabilidade, o Congresso acontece de 13 a 15 de outubro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.  Os principais especialistas globais da indústria e do meio acadêmico apresentarão seus trabalhos, em uma programação de alto nível, que envolve 90 palestras, quatro sessões plenárias, o Seminário ABRAFATI-Radtech South America sobre tecnologia de cura por radiação, além de dezenas de papers na Sessão Pôster.

“O Comitê Científico do Congresso ressaltou a relevância e a qualidade dos trabalhos recebidos para avaliação, que agora estão passando pelo processo final de seleção e inclusão na grade de palestras. Será, portanto, uma oportunidade de atualização e intercâmbio de informações que todo profissional do setor deve aproveitar”, destaca Telma Florêncio, coordenadora da ABRAFATI 2015.

Inaugurada a primeira estação de descarte seletivo de latas de tintas

Loja da C&C em São Paulo sedia o primeiro de uma série de 13 pontos a serem implantados pelo Prolata, numa parceria entre ABRAFATI e ABEAÇO.

 

No último dia 6 de junho, o Prolata Reciclagem inaugurou em São Paulo seu primeiro ponto de entrega voluntária (PEV) de latas de aço pós-consumo, que fica na loja da Marginal Tietê da rede C&C.

O local foi projetado para receber latas vazias de tintas e também de outros produtos, levadas pelos consumidores. Ali, os materiais recebidos são classificados e separados para o envio a uma siderúrgica, que os reutilizará em seu processo de produção de novas chapas de aço.

Essa iniciativa está alinhada à proposta apresentada pela ABRAFATI e pela ABEAÇO (Associação Brasileira de Embalagem de Aço) para o atendimento às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos. O projeto prevê a implantação de outros 12 PEVs, em diferentes pontos do País.

“Estamos trabalhando para que os consumidores contem com mais opções para descartar corretamente suas embalagens de aço pós-consumo. Os PEVs se somam ao Centro Modelo Prolata e às 45 cooperativas parceiras do programa – espalhadas por todo o Brasil –, facilitando o processo de logística reversa”, explica Juliana Zellauy Feres, gerente de Sustentabilidade da ABRAFATI.

Revista ABRAFATI 103 mostra como a sustentabilidade se tornou tema chave para o setor

A edição mostra que a sustentabilidade é hoje um dos principais motores da busca contínua do setor de tintas por inovação tecnológica, ocupando espaço central na sua agenda, em todo o mundo.

As indústrias de tintas e seus fornecedores trabalham nessa direção, com o objetivo de oferecer produtos que, cada vez mais, atendam aos requisitos ambientais, contribuindo, ao mesmo tempo, para o desenvolvimento econômico e social.

A importância que o tema assumiu o levou a se tornar o mote da ABRAFATI 2015.

Outros destaques da edição:

  • No Congresso e na Exposição de Fornecedores, será possível conhecer as inovações e soluções com foco na sustentabilidade, assim como as tendências futuras relacionadas às tintas nesse aspecto.
  • O posicionamento oficial da ABRAFATI sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos é divulgado, mostrando o comprometimento do setor em relação a esse tema fundamental.
  • Reconhecido com o Prêmio Top Anamaco, o reaproveitamento de garrafas PET na produção de tintas é uma solução tecnicamente adequada e uma importante contribuição para a sustentabilidade.
  • A ABRAFATI passa a promover cursos de formação em pintura imobiliária, ampliando o escopo e a repercussão do Programa Pintor Profissional.